Atenção básica

A atenção básica ou atenção primária em saúde é conhecida como a "porta de entrada" dos usuários nos sistemas de saúde. Ou seja, é o atendimento inicial. Seu objetivo é orientar sobre a prevenção de doenças, solucionar os possíveis casos de agravos e direcionar os mais graves para níveis de atendimento superiores em complexidade. A atenção básica funciona, portanto, como um filtro capaz de organizar o fluxo dos serviços nas redes de saúde, dos mais simples aos mais complexos.

No Brasil, há diversos programas governamentais relacionados à atenção básica, sendo um deles a Estratégia de Saúde da Família (ESF), que leva serviços multidisciplinares às comunidades por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), por exemplo. Consultas, exames, vacinas, radiografias e outros procedimentos são disponibilizados aos usuários nas UBSs. 

A atenção básica também envolve outras iniciativas, como: as Equipes de Consultórios de Rua, que atendem pessoas em situação de rua; o Programa Melhor em Casa, de atendimento domiciliar; o Programa Brasil Sorridente, de saúde bucal; o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), que busca alternativas para melhorar as condições de saúde de suas comunidades etc. 

Mais informações sobre onde encontrar as UBSs em seu município estão disponíveis no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde do Ministério da Saúde e também nos sites das Secretarias Municipais de Saúde.

Leia mais no Dicionário de Educação Profissional em Saúde da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV). 

No Canal Saúde

Mais de mil médicos ingressaram no programa Mais Médicos, do governo federal, em 2013. Nesta edição do Sala de Convidados, especialistas debatem o assunto

Mais informações

Conheça experiências com soluções para o SUS, implantadas pelo país

BVS

Acesse a BVS e consulte o acervo de bibliotecas e centros de documentação

BVS

Essenciais no SUS

Capa da revista Radis edição 171, exibindo a imagem de um médico de família do SUS sorrindo e dando às mãos a uma senhora. Ambos estão sentados

Radis destaca o papel dos médicos de família e comunidade para atenção básica, com atuação focada na resolutividade e no cuidado. Leia mais

Manifesto

Abrasco, Cebes e Ensp/Fiocruz se manifestam contra a proposta de revisão da Política Nacional de Atenção Básica que, entre os retrocessos, compromete a Estratégia Saúde da Família no SUS

Consulta

Até 10/08/2017, está aberta consulta pública para reformulação da Política Nacional de Atenção Básica. A proposta de revisão pode levar à desestruturação da atenção primária em saúde. Participe

Saúde da criança

Capa das três edições da publicação Divulgação, com o tema Saúde e Infância

Leia série “Divulgação em saúde para debate”, publicada pelo Cebes, em parceria com o IFF/Fiocruz e a Secretaria de Atenção à Saúde, com o tema "Saúde e Infância"

Na rua

A estratégia Consultório na Rua foi instituída pela Política Nacional de Atenção Básica, em 2011, e visa ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços de saúde. Saiba mais

América do Sul

Livro do Instituto Sul-americano de Governo em Saúde (Isags) apresenta um panorama da atenção primária de saúde na América do Sul. Acesse a publicação, disponível em espanhol e inglês

Política Nacional

Capa da Política Nacional de Atenção Básica, em cor azul e imagens de três bonecos em vermelho, branco e azul.

Veja o documento da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), do Ministério da Saúde, e conheça as ações e os programas em andamento para o fortalecimento das redes de atenção do SUS